terça-feira, 1 de maio de 2012

aprenda a montar seu repertorio

O repertório a ser escolhido para o grande dia deve ser escolhidos se baseando em diversos aspectos
Aspectos a serem considerados:

1. Templo religioso: Cada Igreja, independente de ser da mesma religião, tem suas regras em relação a músicas. Em algumas Igrejas podem ser tocadas todo o tipo de música romântica, mas escolhidas com bom senso. Algumas Igrejas, somente poderão ser tocadas músicas clássicas e sagras. Assim como em alguns Templos religiosos, os ritmos mais acelerados não são permitidos, ainda que a letra não seja profana.

2. Apreciação Musical: O repertório deve traduzir a apreciação musical do casal, mas o mesmo deve ter muito bom senso. O repertório poderá ser clássico, popular, religioso, gospel, new age, temas de filmes, etc. Caso as músicas sejam em outros idiomas, é necessário verificar se a tradução condiz com a realidade matrimonial.

3. Formação musical (instrumentos escolhidos): se o casal escolher uma versão mais compacta (exemplo: teclado, violino e vocal) ficará limitado na escolha de repertório, pois alguns músicas exigem determinados instrumentos ou mais de um cantor para serem executadas.

4. Quantidade de entradas: em algumas Igreja existem limites em relação a entradas (a porta principal poderá ser aberta 3 vezes para entradas). Em outras, não é permitida a entrada das alianças posterior a entrada da noiva. Ou seja florista, damas de honra só poderão entrar antes da entrada da noiva. No entanto, existem Igrejas que não se opõe em relação a quantidade de entradas desde que não ocorra atraso do casamento.

5. Atraso: Quando existe um atraso superior ao permitido pela Igreja, alguns momentos (acordo com a cerimonialista local e o celebrante) são eliminados para o bom andamento das outras atividades da Igreja.
Momentos:
Todos os aspectos abaixo são apenas sugestões, pois o que deve prevalecer é o gosto do casal atrelado as dicas do item “Saiba montar seu repertório- aspectos a serem considerados”
  • Abertura: Clarinada de alto impacto para anunciar que o casamento iniciará a partir deste momento.
  • Entrada dos Padrinhos: Sugere-se músicas alegres, fortes, porém de menos impacto que a da noiva. Pode variar entre muitos estilos (músicas clássicas, temas de filmes, populares etc.
  • Entrada do Noivo: Sugere-se músicas com pompa (que não ofusque a entrada da noiva), porém poderá variar entre muitos estilos.
  • Entrada da Florista: Sugere-se temas infantis ou músicas delicadas ou alegres. A criança poderá ser acompanhada por um músico no corredor.
  • Clarinada para a Noiva: Trompetes triunfais executam pequeno(s) trecho(s) de música(s) de alto impacto para anunciar a chegada da noiva. Os trompetes são personalizados com flâmulas que proporcionam grande requinte ao momento. Os trompetes triunfais poderão ser tocados na porta de entrada, centro do corredor e altar (com entrada dos trompetista) assim como somente no altar, na porta principal ou no coral. Para que exista este momento é necessário que tenha contratado ao menos um trompetista.
  • Entrada da Noiva: Sugere-se música de alto impacto, pompa e brilho. É o momento o musical tocará em TUTTI (todos os instrumentos tocarão). Quanto mais completa for a formação instrumental contratada, mais brilho se dará a este momento. Esta é somente uma sugestão, pois ainda que o tradicional seja o grande triunfo para entrada da noiva, algumas optam por músicas mais suaves.
  • Salmo (Casamento Católico): Música Sacra que faz parte da liturgia do casamento. Na maioria dos casamentos da Região (Itu) este momento é executado, porém em algumas Igrejas, como não é lida a 1ª leitura, não se faz necessário o canto do Salmo, pois este é a resposta a 1ª leitura.
  • Aclamação ao Evangelho (Casamento Católico): Assim como na Missa, este é um momento litúrgico, onde todos ficam em pé para o anúncio do evangelho a ser lido.
  • Entrada das Alianças: Caso as alianças sejam levadas por crianças, sugere-se músicas de temas infantis ou outras mais sutis. Caso sejam levadas por adultos, sugere-se músicas eruditas (clássicas) ou suaves. Poderão ser acompanhadas com músicos pelo corredor.
  • Troca das Alianças: Sugerimos músicas suaves, pois é um dos momentos maior interiorização. Se for somente instrumental sugere-se um violino para este momento, se for cantada, sugere-se músicas que mencionem o amor ou a aliança. Para o casamento católico, a Ave Maria é uma das mais tocadas e adequadas para este momento, podendo ser somente instrumental ou cantada.
  • Assinatura: Sugerimos fundos musicais por se tratar de um momento bastante rápido, pois grande em parte das Igrejas este é o momento onde somente o casal e o celebrante assinam. No caso do Casamento Civil, este momento é mais demorado, pois todos os padrinhos também assinam.
  • Cumprimentos: Este é o momento mais maleável em relação a repertório, pois há uma grande possibilidade de estilos que poderão ser usados. É um momento onde os duetos de músicas românticas proporcionam ainda mais emoção a este momento que já é dotado de lágrimas e sentimento, porém músicas clássicas, populares, new age, religiosas também se adaptam facilmente ao momento.
Saída: Depois de tanta emoção é hora de deixar a cerimônia e curtir a festa. Sugere-se um música alegre e grandiosa onde sejam usados todos os instrumentos contratados. Esta poderá ser antecedida de uma clarinada

Nenhum comentário:

Postar um comentário