domingo, 1 de julho de 2012

Sobre Bouquets...

Tudo em casamento tem significados… vamos falar agora sobre o bouquet. A tradição teve início na Grécia Antiga, e não eram de flores, mas sim de ramos de ervas, grãos e alho, para afastar os maus espíritos e trazer bons fluídos. Em Roma, o bouquet de ervas era usado para trazer fidelidade e fertilidade. E na Polônia, jogava-se um pouco de açucar sobre o arranjo, para a noiva se manter sempre doce.
Hoje os bouquets tem diversos tipos de formatos, flores e cores, e cada um combina com um tipo físico e personalidade da noiva. Escolha cores e flores que combinem com você.
Os tipos mais comuns são:
- Redondo: é o mais usado, romântico, delicado. Pode ser redondo “bolinha” ou redondo irregular. Ideal para noivas mais baixinhas.
- Cascata: Muito usado na época das nossas mães, o bouquet cascata é um arranjo de flores em queda natural, normalmente de orquideas. Fica bonito para noivas altas e em casamentos mais formais e tradicionais.
- Feixe: é alongado, com o feixe verde comprido (em média 30cm), vem sendo muito usado nos últimos anos, é mais moderno, de linhas limpas. Normalmente são usadas flores que tem o feixe bonito, como tulipas, callas, lírios, copo de leite.
- 1 flor só: simples mas impactante, normalmente a rosa, ideal ara vestidos já com muitos detalhes. Assim o bouquet não “briga” com o vestido, a atenção será todo para o vestido.
Outras Dicas:
- nunca use a mesma cor da decoração no bouquet. O bouquet deve ser exclusivo, pessoal, único. Não deve ficar parecendo que você pegou um pedaço da decoração.
- peça para sua estilista um pedaço do tecido de seu vestido, para fazer o acabamento do bouquet. Assim a composição visual fica perfeita.
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário